17 de agosto de 2009

V de Verdade

Hoje, eu só queria partilhar uma coisa com vocês. Dum filme que me abriu a mente a lot, e que me consola quando eu preciso disso. Parece que o autor (Alan Moore <3), conheceu minhas ideias (e de umas 300 pessoas, hehe), e colocou em quadrinhos. Daí fizeram o filme.
Isso me faz sentir menos só, e espero que faça te sentir também.

"Sei que vou morrer aqui, cada pedacinho de mim vai morrer, exceto um... A integridade. Ela é pequena e frágil e é a única coisa no mundo que ainda vale a pena se ter. Jamais devemos perdê-la ou entregá-la, nunca devemos deixar que a tirem de nós. Eu espero que seja quem for escape deste lugar, espero que o mundo mude, que a situação melhore. Mas o que eu mais quero que você entenda o que estou dizendo quando falo que apesar de não conhecer você, apesar de talvez nunca encontrar você, rir com você, chorar com você ou beijar você, eu te amo de todo o meu coração. Eu te amo!"
(Valery - V de Vingança)

Pra vocês. (Em especial: Yuri e Fulvio ¬¬)

4 comentários:

João Romova disse...

filme bom, vi várias vezes...

Lucca Mendonça disse...

Não li nada. Só queria dizer que eu amo você, do fundo do meu poço de pseudo-hombridade, do fundo do que me resta. Eu amo você.

Ana Julia disse...

Eu também te amo, Lucca :D
Do fundo do meu pseudo-paraíso, chamado coração

cee lo disse...

minha passagem favorita é essa :
In view, a humble vaudevillian veteran case vicariously as both victim and villain by the vicissitudes of fate. This visage, no mere veneer of vanity is a vestige of the vox populli now vacant, vanished. However, this valorous visitation of a bygone vexation stands vivified and has vowed to vanquish these venal and virulent vermin van guarding vice and vouchsafing the violently vicious and voracious violation of volition. The only Verdict is vengeance, a vendetta, held as a votive not in vain, for the value and the veracity of such shall one day vindicate the vigilant and the virtuous. Verily, this vichyssoise of verbiage veers most verbose. So let me simply add this it’s my very good honor to meet you, And you may Call Me V."

Postar um comentário

Ahá.