2 de agosto de 2011

A vida usa Loui Vuitton



Diz que um homem andava de forma apressada. De sapatos caros. Na mão, carregava consigo um saco de papel onde deixava transparecer gordura.
Diz que um menino que andava de forma tranquila cruzou com este homem. Sem sapatos, e nada na mão.
Ousou:
- Moço, me dá um sonho?
O homem não parou.
E o menino sentiu fome.







por um mundo com menos fome e mais imaginação.
sonho vem quando dormimos em paz.
almejo um mundo com motivos - motivos que todos consigam ver - para tal ato.

2 comentários:

Murilo Papa disse...

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte

umaequilibrista disse...

enxergar ao redor é uma habilidade desenvolvida por poucos. a maioria só sabe falar pra suas próprias orelhas.

uma cultura da solidariedade, talvez. mas enquanto há disuputas ferozes por audiência... ñ sei onde iremos parar.

_layout novo, pretão. tb tive necessidade d preto por estes dias: pintei as unhas com esta cor. é a cor da proteção.

Postar um comentário

Ahá.