14 de julho de 2010

Não.

Hoje, eu não vou perguntar o que você acha da/sobre a morte.


O que você acha das pessoas que não respiram mais?
O que você acha das pessoas que têm dificuldade para respirar?
O que você pensa sobre as pessoas que não sentem nada mais?
O que você pensa sobre as pessoas que não conseguem sentir muita coisa, mais?
O que você quer saber sobre as pessoas que desistiram?
O que você quer saber sobre as pessoas que estão prestes a desistir?
O que você sabe sobre o que você não quer ver?
O que você sabe sobre as pessoas que vêem, todo dia, o que não querem?

Hoje, eu não vou perguntar o que você está sentindo/sentiu sobre a morte.

5 comentários:

compatriotadezumbi disse...

Essa Ana Claus é brutaltidade total.
Queria escrever igual ela!
;)

' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
' disse...

O que eu penso, ou o que você já pensou? O que você pensa?


P.S Tinha escrito errado na expressão acima rs.

Ana disse...

Penso que às vezes não se deve pensar muito sobre o assunto.
Mas não pensar não significa não se importar, u know.

Azrael disse...

Desculpe nao posso responder isso. tenho uma vida para viver intensamente....

Virar uma lenda dá trabalho

Postar um comentário

Ahá.