27 de junho de 2010

rotina é para quem precisa.

nasci.
aprendo, cresço, me imponho, berro, grito, taco fogo no circo, fico em silêncio, fico no canto.
entro, saio fora, pulo fora, dou um fora, volto, piso na bola, erro, erro, erro, erro, berro outra vez.
esqueço-me, apaixono-me, encanto-me, desencanto-me, sinto-me, espero-te.
tenho voz, falo baixo tom, em tom baixo, veias, sangue, vermelho, hemoglobina, pulsação, olhar de menina.
fragilidade, floridade, na flor da idade, em casas coloridas de papel-marchê.
tento, tento, tento, acerto. lençóis, dias, manhãs sorridentes, pessoas sorridentes, vendedores sorridentes.
que investem tanto em filas e não em pessoas, onde passo maioria do meu tempo, esperando, esperando, até, berrar, pela última vez na minha vida, que
morri.



(por favor, elza soares, leia em alto e bom tom esse post! hahahah)

4 comentários:

Roberto Borati disse...

muito, muito bom.

respire bem fundo.

Noah Wahr disse...

ui, até cansei hahahahaha

Just Breathe!

thiago ; disse...

Caralho , Ana , vai escrever bem assim na PQP .

Azrael disse...

Elza nao fala alto, ela sobe um tom o/

Postar um comentário

Ahá.